• Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

       
    ÁREA DO
    ASSINANTE
    ESQUECEU SUA SENHA?
    Você receberá em seu e-mai uma nova senha para login.
    

    Assine 35 3529-2750

    Fale Conosco contato@clicfolha.com.br

    WhatsApp 35 9 9956-5000

    
    21/01/2020 08h17 - Atualizado em 21/01/2020

    Estádios viram pontos para turistas

    Tours durante o período de férias movimentam os clubes e ajudam a aumentar o faturamento

    Andreza Galdeano - Especial para a Folha
    Foto: Reprodu??o
    Foto: Reprodução

     

     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
    Uma nova opção turística vem crescendo na cidade de São Paulo: as visitas guiadas aos estádios. São passeios em que o torcedor, ou fã do futebol, tem a oportunidade de conhecer detalhes da história do clube, além de espaços aos quais não teria acesso no dia de um jogo, como os vestiários e o gramado. Para as agremiações, os tours pelas arenas ajudam a aumentar o faturamento.
    Em Itaquera, a Arena Corinthians abriu espaço para visitação de torcedores em maio de 2017. Desde então, o local recebeu 136 mil visitantes. A média mensal é de 4.200 pessoas. Já a expectativa para o mês de janeiro, por exemplo, é de receber mais de cinco mil torcedores.
     
    Guiados por anfitriões treinados pelo próprio clube, os torcedores aproveitam o passeio para descobrir algumas curiosidades do estádio e visitar os lugares mais cobiçados e que geralmente são proibidos para torcedores. O passeio começa exibindo a parte externa do local, passa pelo átrio e depois os fãs conhecem o espaço “business lounge”, vão até o camarote, sala de imprensa e auditório.
     
    A parte mais esperada pelos corintianos está no final do tour, que chega a durar um pouco mais de uma hora. Eles repetem o caminho dos jogadores do elenco passando pela sala de aquecimento até o vestiário da equipe. Por lá, as camisas dos jogadores ficam penduradas assim como nos dias das partidas, e as fotos são liberadas.
     
    O tour da Arena Corinthians já recebeu visitantes de 44 países. Argentina, França, Estados Unidos, Nicarágua, Guiné-Bissau, Marrocos, Taiwan, Finlândia e Austrália são alguns dos locais que estão na lista. Além disso, o clube afirma que 20% das pessoas moram fora do Estado de São Paulo. O maior público vem do Paraná (43,2%), seguido por Minas Gerais (22,1%) e Mato Grosso (15,8%).
    O espaço aberto ao público será ampliado em fevereiro. “Vamos lançar um tour mais longo e técnico. Esse vai falar sobre as curiosidades técnicas do estádio, sobre a sua estrutura. Os anfitriões terão um novo treinamento e engenheiros e arquitetos vão auxiliar com as informações”, revela Gabriel Dolce, gerente do Tour Casa do Povo. Ele ainda conta que o Corinthians estuda usar um carrinho para levar os torcedores até o lado leste do estádio. Atualmente a visita acontece apenas no setor oeste do local.
     
    ALLIANZ PARQUE
      Outro estádio da cidade de São Paulo que disponibiliza a experiência de um tour é o Allianz Parque. Desde a sua inauguração, em novembro de 2014, a casa do Palmeiras também é conhecida como um espaço de lazer e entretenimento além do futebol. O local chegou a ser reconhecido como a Arena que mais recebeu eventos no mundo entre 2017 e 2018.
     
    Assim como no estádio do Corinthians, os fãs podem visitar o gramado, vestiário, sala de imprensa, camarotes e arquibancadas. Além do passeio tradicional, existe a modalidade “tour express”. Nesta opção os anfitriões contam a história do local em cerca de trinta minutos. Os fãs podem conhecer as arquibancadas do setor Gol Sul e registrar fotos na beira do campo.
     
    Durante as férias, o clube registra um crescimento de aproximadamente 20% no número de visitantes. “Já recebemos cerca de 300 mil pessoas desde a abertura do nosso tour (março de 2015). O mais interessante é que cerca de 120 mil visitantes não torciam para o Palmeiras. Essas pessoas, apaixonadas por futebol, vieram para conhecer a estrutura de uma das arenas mais modernas do mundo”, informou o clube por meio de sua assessoria. “Estamos sempre atentos ao mercado, analisando outras arenas pelo mundo, especialmente nos Estados Unidos, para trazer novas atrações para o nosso tour”.
     
    Atualmente, 70% dos visitantes não residem na capital paulista. A expectativa do Palmeiras é de registrar um crescimento de 10% na receita bruta em comparação com 2019. Entre as novidades programadas está o investimento em atrações radicais. “Fomos a primeira arena do Brasil a criar uma descida de rapel e, agora, inovamos mais uma vez com a tirolesa. Nossa principal missão para este ano é fortalecer, cada vez mais, o nosso tour tradicional, proporcionando novas experiências para os nossos visitantes. Nossa ideia é investir na interatividade”, diz o clube.

    Mais sobre a editoria

    Guia da Cidade
    INCLUA SEU ESTABELECIMENTO

    Assine (35) 3529-2750

    Fale Conosco contato@folhadamanha.com.br

    WhatsApp (35) 9 8829-8351

    © 1984 - 2020 Folha da Manhã. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido por Mediaplus